castigos de lagartas sobre flores e folhas, descoloridos dias e buracos.

a tez leve e doce das pétalas, triturada em alimento de futuras asas.

dos dias surgirão que asas.

e se abrirão de encasulados sofreres.

2 comentários:

Mai disse...

E voarão, depois de tudo, e após o após, restarão, apenas asas sob a terra, a penas.

Eu ainda não conhecia este aqui.

Muito bom!

beijos.

Eurico disse...

1
A súbita apreensão de uma imagem, de uma cena que evoca, que faz evocar, ...esvoaçar...
A renovidade da metáfora.
A infinita possibilidade da efabulação...

...

2
Houve um famoso filólogo alemão que insistia em dizer que a palavra não passa de "estímulos nervosos em forma de sons".
Cada um escolhe a sua forma de enlouquecer.
Ele enlouqueceu assim, sem a aceitar a palavra. Essa palavra que faz arte e faz verdades.
E muitos ainda o chamam de filósofo...